quarta-feira

O que vender na internet.


Quando me sentei aqui hoje para escrever esse post, pretendia falar sobre como vender artesanato pela internet, logo vou dizer, porque mudei o título.

Queria também explicar porque esse blog de artesanato vem falando sobre empreendedorismo net. Isso eu vou explicar já: O mundo muda a cada dia, se não nos atualizarmos, ficamos para trás. Então venho buscando muita informação e vi a necessidade de ampliar meus horizontes. Comecei fazendo muitas anotações, eu tenho esse hábito, acho mais fácil memorizar quando anoto tudo.  

Aí comecei pensar: Já que estou anotando, porque não colocar isso no blog e dividir com as pessoas minhas experiências e aquilo que aprendi nessas “andanças” em busca desse conhecimento. Feito!

Voltando ao assunto do título, “O que vender na internet”. Resolvi falar disso antes de “como”, afinal de contas, não adianta saber como, se não se sabe “o que”. Se você já sabe qual seu nicho, ótimo! Está um passo à frente, no próximo post falo das experiências que tive com as formas de divulgação, então assine a newsletter acima pra ficar sabendo. 

Meu trabalho do passado

Na internet se vende de tudo, de casas a doces, então pode-se ficar bem confuso na hora de decidir qual o melhor nicho. O Sebrae tem dicas de negócios, eu mesma confesso que já recorri a essa busca, já que andava pensando que deveria mudar (objetivo aqui é te contar minhas experiências essa é uma) mas, confesso que fiquei meio perdida no meio de tantas, e com valores que iam muito além do meu orçamento pra iniciar um negócio.
Essa busca pode gerar muito stress, ansiedade, horas de procura e sono perdido, então fica de olho nessa dica: Tudo que você precisa fazer, é aquilo que você ama fazer! Isso pode parecer meio romântico e surreal, mas acredite, não é.
Ai você diz: Ah, mas o que eu gosto, já está superado, ninguém mais usa, ou quer. Claro que você já deve ter ouvido o ditado: “Nada se perde, tudo se transforma”. Leve isso ao pé da letra: “Tudo se transforma”! Cabe muito bem aqui nesse exemplo. Até esse mesmo ditado foi transformado para "Nada se cria, tudo se copia". Com isso já não posso concordar, quem copia, não evolui. Só aquele que reinventa sai na frente.

Meu trabalho do presente: Desenhos digitais para scrapfesta, estamparia, blogs entre outros.



Alguém começou fabricar velas no passado, porque não existia luz elétrica (oportunidade de negócio) e isso já faz muito tempo! E não se tem a menor dúvida que toneladas de velas são vendidas até hoje. Mas como? De cara nova! Com nova proposta, desde velórios, até sofisticadas velas artesanais decorativas.

Sabonete, um simples artigo de limpeza, pode custar baratinho, ou com um bom preço agregado, vira produto de luxo e exclusividade. Entende do que estou falando? Veja isso!

É exatamente o que tenho feito, com meu blog e meus produtos. A velha paixão (desenho) e novas roupagens. Desde a infância adorava desenhar, cresci fazendo desenho, passei por várias fases do mesmo princípio, o desenho. Meu atual projeto, são os desenhos feitos digitalmente, renovados e com foco direcionado para as mídias.
Sabe porque é importante fazer o que gosta? Pense nisso:

-Dá prazer.
-Você faz, bem feito.
-Você tem propriedade pra falar.
-Você não se cansa.
-Você sempre busca o assunto, se informa.
-Faz contatos com pessoas que gostam da mesma coisa.

Se ficar enumerando vai levar o dia todo. Então, para de procurar fora, e busque dentro de você. O que é que você gosta? Não gosta de nada? Duvido! Mesmo que seja ouvir música você gosta. Anote tudo, e faça uma seleção, um funil. Depois comece a se informar sobre o assunto, tenho certeza que vai encontrar boas ideias!

Em seguida, passe aqui e me diga o que foi que descobriu sobre si mesmo, tá?
Ah, não esquece, se gostou, compartilhe esse post, vamos fazer mais gente descobrir do que gosta!

Forte abraço.





6 comentários:

  1. Que profundo o artigo, da até mais força de vontade para quem deseja empreender.

    ResponderExcluir
  2. Oi Leonor,
    Gostei bastante do artigo, principalmente porque estou em busca de uma fonte de renda alternativa, já que também tenho um emprego assalariado e tudo mais. E a primeira coisa que pensei foi, tem que ser algo que eu vá gostar de fazer, porque esse é o único jeito de dar certo! Então ainda estou buscando uma atividade, mas logo devo saber o que quero para iniciar um "negócio".

    Um beijo,
    Aline

    Inventando Assunto

    ResponderExcluir
  3. Oi Aline, que legal! Fico feliz em saber que o post ajudou você! Já estou preparando o próximo, e será sobre as ferramentas que você precisa usar para divulgar seu trabalho na net, assim que já estiver descoberto seu nicho. Vou falar também de várias ideias para negócios de baixo investimento, com exemplos e implementação do mesmo. Se desejar ficar por dentro, assine a newsletter. Ah, depois passe aqui pra me contar como está indo tá?! um beijo grande pra você

    ResponderExcluir
  4. Olá,amiga!!!
    Parabéns pelo seu blog, bem organizado. Seus trabalhos são bem feitos e merece mais uma seguidora que sou eu,kkkk.Fica com Deus,amiga.Bjss!!!

    http://agendadosblogs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Obrigada, amiga, fico feliz com sua visita! Fique com Deus também!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!